Unilever e WWF juntas contra o desmatamento

Esta semana a Unilever, em parceria com a WWF, lançou uma campanha pelo fim do desmatamento e pela conscientização da importância das florestas.

O filme ‘Adeus, Floresta’ dramatiza a situação do desmatamento narrando o filme a partir do ponto de vista de uma árvore tropical.

Como parte da campanha, a Unilever irá proteger um milhão de árvores no Brasil e na Indonésia, além de se unir ao TEDxSãoPaulo futuroMelhor, que reunirá no MASP, no dia 21 de Setembro, especialistas nacionais e internacionais para discutir sustentabilidade e mudanças climáticas.

(mais…)

Hora do Planeta: Apague as luzes em favor do planeta

Você sabe que dia é amanhã? Claro que, além de ser sábado, que já é bom, amanhã é o dia da Hora do Planeta – dia em que a população do mundo todo se une para apagar as luzes durante 1 hora e ajudar a proteger o nosso planeta.

A Hora do Planeta surgiu em 2006, na Austrália, e foi idealizado pela WWF. Em 2007, na mesma cidade de Sydney, 2,2 milhões de pessoas e mais de 2 mil companhias apagaram as luzes durante uma hora, evidenciando a preocupação com as mudanças climáticas.

Em 2008, a cidade de Toronto, no Canadá, também abraçou a ação e, logo depois, 35 países acabaram aderindo. O número chegou a quase 400 cidades fazendo parte do evento.

Programado para ocorrer sempre no último sábado de março, por ser uma data próxima do equinócio, garantindo escuridão total em quase todas as cidades do mundo inteiro, a Hora do Planeta alcançou 135 países no ano passado. Contudo, o evento de 2011 teve uma grande novidade: muitas das centenas de milhares de pessoas ultrapassaram a hora, e se comprometeram com alguma atividade douradora no campo das mudanças climáticas.

Hoje, com poder das redes sociais, a ação pode chegar a quase todas as pessoas do mundo, batendo, assim, mais um recorde extraordinário. No site earthhour.org você pode ficar por dentro do que acontece e do que está sendo planejado para acontecer durante o evento.

Várias empresas globais apoiam a campanha. É o caso do McDonald’s que desligará os luminosos externos de todos os restaurantes da rede no Brasil. Outra empresa que apoia a causa é a Coca-Cola, que resolveu utilizar um mimeógrafo para criar um anúncio de revista que será veiculada no dia do evento. Além disso, a sede da Coca-Cola Brasil, no Rio de Janeiro, e alguns fabricantes vão desligar as luzes dos escritórios, fábricas, fachadas, outdoors e centros de distribição no país.

Clique aqui e veja a lista completa das empresas brasileiras que apoiam a campanha.

Fique ligado! A Hora do Planeta ocorre amanhã, das 20h30 às 21h30, onde você estiver no mundo. O evento não é meramente uma questão de poupança de energia; é uma questão que vai além da Hora do Planeta, reunindo ações e mudanças de comportamento em favor da nossa casa: o Planeta Terra.

Veja abaixo o perfil da Hora do Planeta em diferentes redes sociais:

Facebook
Twitter
YouTube

Brasileiros e o mundo unidos em prol da preservação do meio ambiente

Se você ainda não ouviu falar sobre a alteração do Código Florestal, deveria se informar. É um assunto importante e envolve todos os brasileiros. Esta alteração promove o desmatamento, a destruição do ecossistema e coloca em risco a integridade das nossas florestas, tal como a sociedade brasileira como um todo.

A decisão final sobre esta alteração está nas mãos da nossa presidente Dilma Rousseff. É ela quem vai decidir se esta catástrofe irá ocorrer ou se ela manterá suas promessas no ano de campanha, em que firmou compromisso público de não permitir ou autorizar qualquer iniciativa que promova desmatamentos ilegais.

Com o objetivo de lembrar à presidente suas promessas, e informar a população sobre os problemas que isto pode acarretar, a WWF Brasil lançou a campanha Veta, Dilma!. A ação, que já ultrapassou os 70 mil adeptos em todo mundo, tem versões em português, inglês, espanhol e alemão.

Protestos estão ocorrendo não só no Brasil, como na Alemanha também, e envolve: cartazes, baterias de samba, apresentações de capoeira e até um telefone de emergência vermelho. Tudo isso para chamar a atenção de todos para este problema sério.

Para assinar esta campanha, e ajudar a aumentar o número de pessoas preocupadas com esta ação, acesse o site. Nele é possível se informar melhor sobre a manifestação, além de entender as consequências que serão sentidas em todo o planeta caso esta alteração seja implementada. Sendo assim, clique aqui e ajude a dizer: “Veta, Dilma!”

A desertificação e o número absurdo de espécies destruídas

A desertificação é um problema sério, e afeta o mundo todo. É o fenômeno que corresponde à transformação de uma área viva num deserto, e pode ocorrer tanto por variações climáticas, quanto por atividades humanas.

Justamente por acontecer com maior frequência devido a ações do homem, a WWF resolveu divulgar anúncios que ilustram esta transformação e o impacto da desertificação nos animais.

Sempre com anúncios minimalistas, porém muito bem feitos, a WWF criou uma montagem perfeita, onde os animais estão se “desmanchando” e virando areia. A ideia transmitida é de que os animais acabam morrendo junto com o habitat, virando pó e ajudando a compor o cenário destruído.

A criação, da Contrapunto BBDO, finaliza com o texto informativo: “Desertificação destrói 6.000 espécies todo ano”. O número é chocante, e nos faz (ou deveria) respeitar a natureza e pensar no seu futuro, e de suas espécies que ali vivem.

Coca-Cola cria lata branca para proteger os ursos polares

Sempre que a embalagem de um produto muda radicalmente, nos espantamos. O resultado, positivo ou não, sempre vira motivo para discussões entre consumidores. Os motivos são diversos, mas as mudanças que possuem um lastro sustentável são geralmente mais “bem vistas” pelos consumidores.

Visando a proteção dos ursos polares (mascote da empresa desde 1922) e seu habitat natural, a Coca-Cola, pela primeira vez na história da empresa, resolveu trocar o tradicional vermelho de sua embalagem pelo branco. Além da mudança impactante, a empresa também estampou os ursos polares nas latas.

A lata branca de Coca-Cola virá com um código para que o consumidor, voluntariamente, efetue uma doação de US$ 1 via SMS. Todo o dinheiro arrecadado será doado para a fundação WWF, que já recebeu uma doação inicial de US$ 2 milhões da própria Coca-Cola.

“Ursos polares inspiram a imaginação. Eles são massivos, poderosos, bonitos e vivem apenas no Ártico. Suas vidas estão intimamente ligadas ao gelo do mar, que agora está derretendo em um ritmo alarmante. Trabalhando com a Coca-Cola, podemos mostrar o perfil dos ursos polares e o que eles estão enfrentando, e o mais importante, envolver as pessoas para trabalharem conosco, ajudando a proteger seu habitat.”

Carter Roberts (CEO e presidente da WWF)

A campanha, que já conta com o site Arctic Home, está programada para começar dia 1º de Novembro. Enquanto isto, você pode assistir o video abaixo (em inglês) para entender melhor a relação do urso polar com a marca, como surgiu a ideia da campanha e como foi feita a parceria com a WWF. A Coca-Cola ainda fechou uma parceria com a produtora MacGillivray Freeman Films para co-produzir o novo filme IMAX: To The Arctic 3D, programado para lançar em 2012.

Se você não vê a hora de comprar sua lata branca de Coca-Cola, paciência. As 1.4 bilhões de latas serão comercializadas apenas nos mercados dos Estados Unidos e do Canadá.