Campanha contra racismo revela o preconceito de crianças no México

Você se considera preconceituoso? E racista? Muito gente responderia “não” para as duas perguntas, mas o que falamos pode ser diferente do que pensamos. É o que demonstra o video viral que a CONAPRED (Conselho Nacional para Prevenir a Discriminação) divulgou no México.

O video retrata um interrogatório com algumas crianças do país. As perguntas têm como tema dois bonecos de bebês posicionados em cima da mesa. Um boneco é negro enquanto o outro é branco e a entrevistadora começa o questionário pedindo para que as crianças identifiquem qual boneco é o negro e qual boneco é o branco.

Ao decorrer do interrogatório, é perguntado para as crianças qual dos bonecos têm cara de mal; qual dos bonecos é mais feio; e qual boneco elas gostam menos. O negro é unânime nas escolhas.

As justificativas são ainda mais reveladoras. Algumas crianças afirmam que os negros não passam confiança, ou que são maus apenas por serem negros. No final, é feito uma pergunta: “qual boneco se parece mais com você?” e mais respostas surpreendentes surgem.

O video faz parte da campanha Racismo en México, que tem como objetivo justamente acabar com este preconceito ainda muito evidente em todo mundo. A criação é da 11-11.

Ficou chocado? O que você responderia? Será que este video mudou a resposta para a pergunta que fizemos no começo do post? Pense nisso.

Taxista com Alzheimer

Nova campanha da Federazione Alzheimer Italia para marcar o Dia Mundial do Alzheimer que aconteceu na última quarta-feira, 21 de Setembro.

A ideia foi fazer uma pegadinha com o uso de uma câmera escondida. Um ator interpretava um taxista que sofria de perda de memória e confusão, sintomas comuns dos portadores da doença.

O vídeo foi editado para mostrar a reação de diversos passageiros, que após a confusão eram surpreendidos por uma vinheta tocada no rádio do carro que conscientizava sobre os sintomas.

Greenpeace desafia Nike e Adidas

Nova campanha do Greenpeace sobre o uso de produtos químicos tóxicos por grandes marcas do mundo esportivo. O Greenpeace desafiou a Nike e a Adidas a removerem esses produtos químicos de suas cadeias de produção.

O tema “desafio” é  recorrente em ambas as marcas, já que elas tratam de esportes e competição.  Mas agora foi a vez do Greenpeace virar a mesa e propor o desafio, com o objetivo de eliminar estes produtos químicos que poluem a água em diversos lugares do mundo.

Greenpeace: “Qual será a primeira marca a enfrentar o desafio e formar uma verdadeira equipe com seus fornecedores para se consagrar campeã de um futuro livre de tóxicos?”

A campanha segue a estatégia atual do Greenpeace, que tenta forçar  grandes marcas a se comportarem de maneira eco-friendly, é o que aconteceu também nesse viral contra a Volkswagen.

Panfletagem sustentável com apenas uma folha de papel

Na Hungria as pessoas podem doar até 1% de seus impostos para qualquer ONG. Para comunicar isso ao público e arrecadar doações, a WWF criou uma ação simples e eficaz.

Um promotor vestido de panda entregava um folheto para uma pessoa na entrada da escada rolante de um shopping, sendo que o segundo promotor recolhia o folheto no topo da escada, tudo isso para usar o mínimo de papel possível. A ação foi gravada com o objetivo de viralizar na internet, atingindo mais de 285.000 pessoas sem investimento algum de mídia.

A música do seu coração

As doenças cardíacas matam milhares de pessoas todos os anos na Indonésia. Para tentar reverter este quadro a Indonesia Heart Foundation, em parceria com a agência Grey, produziu um concerto musical apresentado em um estúdio de gravação móvel. Nele você poderia registrar batimentos cardíacos e misturá-lo com a sua música favorita.

O objetivo foi fazer com que os jovens lembrem-se do coração toda vez que a música tocar. A ferramenta já está liberada para qualquer um que entrar no site www.musicofyourheart.com, vale a pena conferir.