Suecos e suecas posam “com tudo”

Tudo o que você possui em uma foto. Sannah Kvist, uma fotógrafa sueca, traz ao post de hoje um trabalho fora das ações de comunicação assinadas por marcas, o qual normalmente lemos por aqui, porém com um tema de interesse das pessoas (cip): o consumismo.

A proposta de Sannah foi convidar jovens suecos nascidos nos anos 80 a posarem com todos os seus pertences dentro de um único cômodo. Cada jovem montava uma escultura de suas coisas e era posteriormente fotografado junto a obra. O ensaio, intitulado de “All I Own” (Tudo o que possuo – tradução livre) propõe a discussão do consumismo exagerado, um mal que encabeça muitos males em seu ciclo na degradação social e ambiental. Será que precisamos de tudo isso que temos? Quantos mais apegos materiais menos liberdade?

Segundo a fonte da BBC, o ensaio também critica a qualidade de vida dos próprios suecos, considerada uma das melhores do mundo. A fotógrafa teria se inspirado em fatos de sua própria vida para a criação do ensaio, em momentos de mudança de cidades durante sua vida, onde em uma levou um caminhão de coisas e em outra uma mala.

Este ensaio lembra o trabalho do fotógrafo Peter Menzel que lançou o livro “Hungry Planet” com fotos de famílias e seus gastos semanais com alimentação. As imagens abaixo já dizem muito.

A destruição do cigarro e o dia internacional sem tabaco

Particularmente, adoro as campanhas e ações que envolvem o receptor para gerar o entendimento necessário. Mensagens criativas e interativas ganham a atenção quando fazem esta relação de maneira simples, direta e funcional.

Quando o assunto é importante e relevante para o público alvo, a campanha deve conhecer o meio em que seu target atua, e transmitir a mensagem de forma compreensível e agradável.

Para promover o dia internacional sem tabaco, o programa Viver Unimed – da Unimed Vitória – divulgou um anúncio de revista interativo. Este anúncio retrata um objeto familiar dos fumantes, ao passo que revela um lado pouco conhecido do elemento apresentado.

O anúncio traz a imagem aérea de um cinzeiro aplicada em um adesivo, com uma aba indicando: “puxe”. Ao seguir as instruções, a nojenta imagem interna de um cinzeiro é revelada. Entre as bitucas, há um pedaço de papel que alerta: “Fumar destrói você por dentro.”

A peça é assinada com a frase: “31 de maio. Dia para largar o cigarro.” A criação é da Ampla.

Painel interativo traz a sensação de salvar uma vida

Você já experimentou a  sensação de salvar uma vida? Uma nova campanha tentou levar o gostinho desta experiência para as ruas do Canadá. O objetivo foi incentivar as pessoas a buscarem trabalhos na área da saúde.

Para isso um painel foi feito com a imagem de um homem deitado em uma cama hospitalar, aparentemente morto. Marcas para as mãos convidavam o observador a pressionar o peito do homem,  ao fazer isso o medidor cardíaco começava a funcionar, como se ele estivesse reanimado. A criação foi da agência LG2.