Leitura Alimenta

Com a intenção de incentivar a leitura em pessoas que têm acesso restrito a livros, a Livraria da Vila e a Cesta Nobre, com a idealização e criação da Leo Burnett Tailor Made, lançaram o projeto Leitura Alimenta, que pretende receber milhares de doações de livros para serem inseridas nas cestas básicas. Para se ter idéia, anualmente a Cesta Nobre distribui cerca de três milhões de cestas básicas e, segundo o diretor Alexandre Xavier, o resultado ideal é distribuir todas as três milhões com um livro dentro. Além do site e do perfil no Facebook, a agência criou cartazes, peças de mídia indoor, marcadores de página, carimbos e anúncios. Confira os cartazes:

Doe para a vida continuar

A La Ligue contre le Cancer é uma organização não governamental francesa que combate o câncer com pesquisa, informação e prevenção da doença. Hoje ela possui mais de 700.000 membros e 12.000 voluntários, mas para manter tudo isso as doações são necessárias. Em sua nova campanha a Ligue mostra os números positivos do seu trabalho, assista o vídeo e confira.

1000 crianças nas ruas da Romênia

chromeforacause

Na Romênia existe um programa de doação via impostos chamado “2%”, com ele cada contribuinte pode escolher uma ONG para doar 2% de todo o seu imposto coletado. É uma ótima ferramenta para combater problemas do país, como o abandono de crianças que cresce cada vez mais.

Para incentivar as doações, a World Vision fez uma nova campanha com o objetivo de evitar que pelo menos 1000 crianças fossem abandonadas nas ruas da Romênia. Para isso, foram espalhados na cidade pôsteres e adesivos de crianças em lugares inusitados, como se elas estivessem morando nas ruas.

O resultado foi melhor do que o esperado, 24.000 pessoas doaram seus 2% de impostos e a ONG conseguiu dar casa, saúde e educação para 1000 crianças, cumprindo o seu objetivo.

Rachel Beckwith, um anjo que veio para ensinar

chromeforacause

Essa é uma história motivadora e comovente que envolveu uma garotinha de nove anos e a Charity Water, uma organização não governamental que ajuda milhares de pessoas na África, provendo a elas água potável e segura. A ONG já apareceu no grito em outro post.

A Charity Water nasceu em um dos aniversários de seu fundador, Scott Harrison. Comovido com a situação da água na África, Scott resolveu dar uma festa e pediu a todos seus amigos que doassem 20 dólares ao invés de presenteá-lo, para que ele pudesse construir poços artesianos de água potável em Uganda. Setessentas pessoas compareceram a festa dando início ao movimento que hoje ajuda cerca de 1 milhão de pessoas.

Inspirada no seu nascimento, a Charity Water criou uma maneira criativa e prática para que todos pudessem ajudar. No website www.mycharitywater.org, você pode cadastrar o seu próprio aniversário ou evento e pedir para que os convidados doem dinheiro para a ONG ao invés de dar presentes.

Foi isso que a pequena Rachel Beckwith fez para comemorar o seu nono aniversário, criou uma página com a meta de US$ 300 dólares de doações, mas que por peça do destino hoje beira US$ 400.000.

Rachel se feriou gravemente em um engavetamento envolvendo 13 carros numa estrada próxima à sua casa. No último fim de semana, sua família permitiu o desligamento dos aparelhos que a mantinham viva artificialmente e doaram seus órgãos.

Milhares de pessoas ficaram sensibilizadas com a tragédia e doaram dinheiro, segue o trecho escrito por Rachel em sua página: “No dia 12 de junho de 2011, vou fazer 9 anos. Descobri que milhões de pessoas não vivem até seu quinto aniversário. E por que? Porque elas não têm acesso à água limpa e segura. Estou comemorando meu aniversário como nunca antes. Estou pedindo a todos que eu conheço para doarem para a minha campanha, em vez de dar presentes de aniversário.”

Valeu Rachel! Você se foi mas a sua lição de vida permanece para mudar a cabeça de muita gente.