“Restaurante dos Pedidos Errados” no Japão incentiva a conscientização sobre demência

 

O Japão é um país com alto índice de população 60+, por isso há intenção de estimular a inclusão social e a conscientização de doenças da velhice.

Entre os dias 2 e 4 de junho de 2017, no Japão, inaugurou o Restaurante de Pedidos Errados (livre tradução de The Restaurant of Order Mistakes) no formato pop-up, aberto apenas por dois dias, iniciativa do diretor de televisão NHK, Shiro Oguni. O projeto chamava a atenção das pessoas acerca da demência, um tipo de deficiência cognitiva que impede as pessoas que sofrem da síndrome de resolverem problemas simples, tomar decisões e, algumas vezes, dificuldade de manter uma memória recente.


Neste restaurante, todos os profissionais contratados para trabalhar sofriam da doença, por isso, o nome escolhido: existia a chance de você pedir um item do cardápio e vir outro.


(Imagens: Reprodução/Mizuho Kudo – Yahoo Japão -Divulgação)

Sinta os sintomas do Alzheimer para não esquecer que ele existe

Já publicamos aqui algumas campanhas que alertam para o Alzheimer (veja aqui e aqui as mais recentes), e hoje não vai ser diferente. Bater nessa tecla é importante, porque poucas pessoas conhecem a doença e seus efeitos no sistema. Os sintomas vão desde a famosa perda de memória, até a dificuldade em realizar ações simples do cotidiano, por exemplo: dificuldade em comunicar; vaguear sem rumo; discurso repetitivo; perda das habilidades motoras e do sentido do tato; etc.

Infelizmente muitos desses sintomas não são percebidos pela maioria das pessoas. Outras, acham que estes sintomas fazem parte do processo de envelhecimento, o que é totalmente errado e considerado inclusive preconceito, visto que a doença não escolhe idade. O importante é sempre procurar um médico para avaliar os sintomas e receber o diagnóstico correto.

Para orientar as pessoas de Israel sobre a doença, a EMDA (Associação de Alzheimer de Israel), teve uma ideia brilhante ao transmitir, temporariamente, os sintomas da doença para o público que foi ao cinema assistir um filme. A ação aproveitou a semana internacional de combate ao Alzheimer.

No video, é possível ver a ação sendo realizada no maior complexo de cinema de Israel: Cinema City. Com câmeras escondidas, o video mostra a reação das pessoas ao perceberem que o filme que estavam assistindo não era aquele que tinham pago para assistir. Confusas e desorientadas (efeitos do Alzheimer), as pessoas não sabiam como reagir ao filme errado que era transmitido na tela.

A ação se encerra com uma mensagem explicando a troca dos filmes: “Não, você não está confuso, você está no filme certo. Nós só queríamos que você experimentasse as sensações de confusão e desorientação experimentada por 100 mil pacientes portadores de Alzheimer em Israel.”

No final, é possível ver e ouvir os aplausos da plateia, aprovando a campanha. Além disso, o video mostra depoimentos de quem estava no cinema e presenciou a ação. “Foi chocante.” e “Você alcança o sentimento preciso de confusão” são algumas das declarações dadas. Ainda é possível ver a mídia espontânea que a ação gerou.

A criação é da ACW Grey.

Alzheimer é uma doença séria. Fique atento aos sintomas

Para conscientizar as pessoas sobre o Alzheimer e seus sintomas, a fundação pública britânica NHS (National Health Service – Serviço Nacional de Saúde, traduzindo) veiculou uma campanha que ilustra pequenos fatos que podem servir para identificar o surgimento da doença.

Os anúncios impressos diferem nos títulos, mas utilizam o mesmo texto: “Muitas pessoas sofrem de perda de memória quando se tornam idosos. Porém, esquecer acontecimentos recentes podem confirmar os primeiros estágios da demência. Diagnosticar os sinais com antecedência favorece no tratamento, e acompanhamento, corretos. Além disso, ajuda a manter a pessoa que você ama por perto, por mais tempo.”

A assinatura em ambos os anúncios também é a mesma: “Demência. Se você está preocupado, consulte um médico”. Enquanto isso, as imagens foram montadas de forma que represente uma memória que está se perdendo.

A criação é da DLKWLowe.