Alibaba torna telas de celular mais inteligentes

Alibaba, a gigante varejista chinesa, há dois anos vem estudando maneiras de tornar os smartphones mais acessíveis à população com deficiência visual. Atualmente, o principal recurso é a leitura em voz alta da tela. No entanto, ainda é uma ferramenta muito limitada, que ainda traz dificuldades inclusive nas compras online.

Para melhorar a experiência dos cegos nos smartphones, a Alibaba irá lançar este ano o Smart Touch, uma simples película redonda de silicone para ser afixado na tela, com custo baixíssimo de US$1, e que ainda está em fase de testes, mas já vem sendo aprovado pelos usuários selecionados para testá-los. Ele permite que os cegos possam, com o toque no silicone, sentir os comandos e acioná-los, tornando a experiência do smartphone mais abrangente, indo além de comandos de voz. A película possui três botões assistivos que tornam-se clicáveis quando, por exemplo, estão usando o app AliPay ou Taobao, ambos do Grupo Alibaba. Além disso, funciona também para auxiliar os usuários ao escutar áudios sem fontes ou autofalantes, apenas posicionando-os no ouvido.

 

Segundo a varejista, foi percebido uma redução de 50% no tempo para completar tarefas como atender ligações ou fazer compras online.

#SagaranaParaTodos #PraCegoVer

Muitos deficientes visuais acessam a internet e navegam pelas redes sociais todos os dias com o auxílio de softwares leitores de tela, que transformam o conteúdo dos textos em fala. Infelizmente, estes programas não são capazes de descrever as fotos que acompanham os textos ou as imagens contidas neles, como por exemplo os tão utilizados emoticons ou gifs.

 

14495528_1276058892424618_4478907995140916302_n

 

Com o intuito de disseminar a cultura da acessibilidade nas redes sociais e de descrever o conteúdo de imagens, gifs e fotos que circulam pela rede, a professora Patrícia Braille criou a hashtag PraCegoVer. Conforme descrição da página da hashtag no Facebook, a “#PraCegoVer carrega em si o princípio de que a cegueira às vezes está nos olhos de quem enxerga. Ele existe para o cego que não enxerga a imagem e para o vidente que não enxerga o cego. É uma provocação, um chamamento para as pessoas se enxergarem mais, saírem de suas zonas de conforto e perceberem que podem fazer acessibilidade, mesmo que seja uma breve descrição de uma imagem na internet”.

 

 

Captura de Tela 2017-01-19 às 16.25.07

 

Outro projeto com foco na acessibilidade que tenta melhorar a experiência do deficiente visual é o Emoti Sounds, foi idealizado pela Artplan, lançado pela Tim e realizado com a colaboração do Instituto Benjamin Constant. Com foco no mobile, foi parte da campanha #DaPraSerAssim da Live TIM. A ferramenta é um plugin que, ao ser instalado no leitor NonVisual Desktop Access, melhora a experiência do usuário uma vez que passa a dar som aos emoticons. Ao invés de descrever a figura, a ferramenta reproduz o som do que ele representa. Quando um coração é inserido em uma mensagem, ele é descrito como “emoticon coração”, agora com o plugin Emoti Sounds instalado, passa-se a escutar um som de um coração batendo, o que dá muito mais vida e emoção para quem está ouvindo. São mais de 68 imagens traduzidas e é possível ouvi-las no site, além de fazer o download do plugin.

 

A campanha contou com vídeos também em versão acessível. Confira:

 

Para tornarmos os nossos posts no Facebook acessíveis a todos, criamos a #SagaranaParaTodos, hashtag que irá acompanhar a #PraCegoVer na fanpage da Sagarana.

 

Salvar