Movimento Maio Amarelo

 

Com certeza alguém já foi impactado este mês de maio por algum relógio de rua, painel eletrônico da CET ou spot na rádio divulgando o Maio Amarelo – Atenção pela Vida com um laço amarelo. O Movimento Maio Amarelo,  uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil, nasce com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. É um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito e a cor amarela foi escolhida em alusão à sinalização de advertência, utilizada nos semáforos.

 

 

 

 

A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos como órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para efetivamente discutir sobre o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige.

O movimento surgiu depois que a ONU decretou em 11 de maio de 2011 o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito” com a intenção de poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, cinco milhões de vidas até 2020. Com isso, o mês de maio se tornou a referência mundial para o balanço das ações em torno da segurança viária que o mundo inteiro realiza.

A marca que simboliza o movimento, o laço na cor amarela, segue a mesma proposta de conscientização já idealizada e bem-sucedida, adotada pelos movimentos de conscientização no combate ao câncer de mama, ao de próstata e, até mesmo, às campanhas de conscientização contra o vírus HIV – a mais consolidada nacional e internacionalmente. Portanto, a escolha proposital do laço amarelo tem como intenção primeira, segundo o site do movimento, “colocar a necessidade da sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, acionar cada cidadão a adotar comportamento mais seguro e responsável, tendo como premissa a preservação da sua própria vida e a dos demais cidadãos”.

 

O movimento dispõe, no site, diversas peças de comunicação para download, como banners, peças para redes sociais, vídeos, outdoors, wallpapers, entre outros. Confira o vídeo:

 

 

 

 

 

Uma vida a cada sinal

Nova campanha russa de conscientização no trânsito da ATC Traffic Police. O filme mostra uma marcação de corpo que ganha vida na cena do crime, ela segue vagando pela cidade, triste e com a cabeça baixa, até encontrar um semáforo. A trilha contribuí para criar um clima de angústia neste belo trabalho criado pela agência StreetArt.

Campanha criativa de outdoor para conscientizar motoristas

chromeforacause

chromeforacause

Nova campanha de conscientização no trânsito da Colorado State Patrol com criação da agência Amélie Company. O objetivo da campanha é fazer com  que os motoristas pensem duas vezes ao se aproximar muito da traseira de caminhões na estrada.

Texto 1:  Você pode transformar qualquer carro em um conversível.

Texto 2:  “Pegar rabeira” de um caminhão pode transformar qualquer carro em um conversível.

Perdeu a habilitação? Se ferrou…

A maioria das campanhas de conscientização no trânsito focam nos acidentes, mas a Motor Accident Commission of South Australia teve um olhar diferente sobre o assunto e resolveu usar o humor para sensibilizar os jovens.

O vídeo mostra que outras coisas estão em jogo quando você se envolve em um acidente e perde a carteira de motorista, vale a pena conferir para dar boas risadas. A criação foi da Clemenger BBDO Adelaide.

Melhor corrigir os erros do presente antes de planejar o futuro

Nova campanha vietnamita de conscientização no trânsito. A ideia é mostrar a importância do uso do capacete de proteção, para isso, o filme choca ao mostrar um pai procurando um caixão para sua própria filha que ainda esta viva.

A assinatura diz: “Se você não colocar o capacete no seu filho, é melhor se planejar.” A criação foi da Olgivy localizada no Vietnã.