Flash mob contra a energia nuclear

O termo “flash mob” chegou para ficar na publicidade, para quem não conhece trata-se de aglomerações instantâneas de pessoas em um local público para realizar determinada ação inusitada previamente combinada, estas se dispersando tão rapidamente quanto se reuniram.

A ação do Greenpeace teve como objetivo conscientizar as pessoas sobre os riscos de ter uma usina nuclear abastecendo a cidade. Diversos atores desmaiavam ao mesmo tempo, criando desespero naqueles que estavam a sua volta, para simular aquilo que poderia acontecer em um desastre nuclear real.

Calendário do tabaco

sa1

Anúncio impresso sazonal da ADESF (Associação de Defesa da Saúde do Fumante) criado pela agência brasileira Neogama/BBH. A idéia foi se aproveitar do dia mundial sem tabaco e  cutucar os fumantes. O texto diz: Hoje é o dia mundial sem tabaco mas não deveria ser apenas hoje. É um bom conceito mas talvez o impacto fosse maior se eles realmente tivessem produzido calendários assim.

A vida antes da morte

Ao se aproximar da morte muitas pessoas acabam se arrependendo de diversas coisas que não fizeram na vida.  Com o objetivo de incentivar a população a buscar seus sonhos a Lien Foundation criou este vídeo, que fala da morte de uma maneira mais light, apresentando 3 aplicativos que celebram a vida.

O primeiro ajuda a criar uma playlist como se fosse a trilha sonora da sua vida, a sua última playlist. O segundo aplicativo serve para você mandar mensagens para aqueles que são importantes para você. Já o último é uma lista de afazeres, tudo aquilo que você pretende fazer antes de bater as botas. Vale a pena conferir os aplicativos no site: www.lifebeforedeath.com

Campanha contra o apedrejamento

A avaaz.org é uma rede global que busca mobilizar as pessoas em torno de temas como meio ambiente, pobreza e direitos humanos. Na semana passada uma campanha lançada pelos filhos de Sakineh Mohammadi Ashtiani e da avaaz ajudou a impedir a morte da mãe por apedrejamento, ela foi acusada de trair o marido no Irã.

Mesmo assim ela ainda pode ser enforcada e outras 15 pessoas podem ser condenadas ao apedrejamento. Para ajudar a botar um fim nesta prática de execução absurda, basta assinar a petição no website http://www.avaaz.org/po/stop_stoning/?twi.

Este foi um vídeo feito para pedir que o nosso presidente também ajude na campanha: #ligalula

Perfil falso do facebook em campanha contra as drogas

Cada vez mais as redes sociais estão sendo utilizadas para campanhas, como esta criada pela Saatchi & Saatchi da África do Sul para a o Chabad Addiction Rehabilitation Centre. A idéia foi criar um perfil falso de uma modelo, que aos poucos foi fazendo amigos e dividindo conteúdo na rede. O problema começou quando ela iniciou um relacionamento com um novo namorado, que acabou a levando para o mundo das drogas.  Todos acompanhavam a trejetória através de fotos e mensagens.

Quando as coisas ficaram realmente pesadas, a modelo postou um vídeo explicando que tudo não se passava de uma encenação.  Não da para dizer ao certo o resultado real da ação, mas aposto que algumas pessoas ficaram irritadas ao descobrir a farsa.