Green Shanghai – Karma

A Green Shanghai é uma ong que faz projetos para inovar o desenvolvimento urbano sustentável das cidades chinesas. Esta campanha teve como objetivo aumentar a conscientização das pessoas com foco na reciclagem. O interessante aqui é a abordagem, os criativos da McCann Erickson Guangming Ltd. usaram o karma, um conceito religioso, fazendo uma comparação com a reciclagem. O texto interno mostra o karma funcionando: “Nesta vida você joga fora o lixo, na próxima você será jogado fora. Polua o ar hoje. Amanhã seja tratado como sujeira. Seja o rei do desperdício de energia. O príncipe da escuridão deverá encontrá-lo.” A assinatura da peça diz: “O Karma recicla, você também deveria reciclar.”

Casa Office 2008

De 12 de novembro à 2 de dezembro aconteceu a Casa Office 2008, no Jockey Clube de São Paulo. A exposição foi uma mostra de trabalhos de arquitetos e decoradores para ambientes coorporativos. Os melhores arquitetos e paisagistas do Brasil, pensando em inovação e unindo conforto e eficiência à sustentabilidade.
Ao adentrar a Casa Office 2008 nos deparamos com inúmeros ambientes, todos é claro sob a temática: inovação e sustentabilidade. Em cada um deles, havia uma guia que poderia nos fornecer informações sobre o conceito de todo o ambiente.
Entretanto para nossa surpresa, dos 58 ambientes apenas duas guias souberam nos informar sobre os elementos sustentáveis utilizados naquele espaço. A decepção só diminuia cada vez que as guias, motivadas pelo nosso interesse em sustentabilidade, nos direcionava para um tal ambiente que se chamava ’’escritório verde’’. Com certeza nossa salvação, já que até então não encontramos nenhum elemento sustentável, deviam ter separado tudo em um ambiente, exclusivo e todo feito com elementos sustentáveis. Contudo para nossa completa indignação, o ambiente não passava de duas espreguiçadeiras em um deck de madeira. Nossa grande indagação foi, esse escritório é verde porque tem espreguiçadeira ?
A desilusão era tanta que aquela altura a vontade de ir embora era enorme, mas já quase na porta nos deparamos com o ambiente athie/wohnrath.
A empolgação foi tanta, que fizemos questão de fazer uma mídia espontânea aqui e falar até o nome do escritório responsável pelo ambiente. Não só as pessoas que nos atenderam eram extremamente informados em relação ao assunto, como ainda forneceram um flyer explicativo de cada material sustentável utilizado no espaço. Haviam elementos reciclados, uso de materiais recicláveis, interação com meio ambiente, uso de madeira queimada como forma de protesto, coleta seletiva e outros materiais de origem certificada. Os projetistas não perderam o foco do evento e alinhando sustentabilidade à inovação, apresentaram novas tecnologias de baixo consumo e ambientalmente corretas como: sala de telepresença que reduz o número de viagens e consumo de Co2, lâmpadas de Led individual que reduz os gastos com energia e equipamento eletrônicos de baixo consumo.
O ambiente foi um suspiro de dignidade e decência para o evento, que não esta sozinho quando falamos de Greenwash, termo utilizado para descrever a percepção errônea de consumidores influenciados pela aparência de práticas ambientais de companhias. Hoje estamos lidando com inúmeras empresas que se aproveitam dessa imagem para vender cada vez mais, mas se esquecem que pior que não ter uma política responsável nos dias de hoje, é enganar o consumidor dizendo que tem.

Vende-se trabalhador multifuncional

Mais uma peça de continuação da 11.11.11 (Organização Belga pelos Direitos dos Trabalhadores), dessa vez na internet. Como já postado anteriormente, muitos trabalhadores na Bélgica são forçados a trabalhar em condições precárias, a campanha tenta conscientizar as pessoas para reverter o quadro. A “caixa de ferramenta” foi usada no vídeo da campanha e esta ação da internet reforça isso. Um “empregado multifuncional” é colocado a venda em um site de compras logo a cima de uma caixa de ferramentas, ao clicar você é direcionado ao site da campanha. Assista o vídeo para relembrar clicando aqui.

Green Korea United

Campanha da Green Korea United, ONG koreana que luta desde 1991 pela preservação do meio ambiente. Os anúncios foram produzidos pela agência Daehong Communications de Seul. O diferencial aqui é a bela direção de arte do anúncio, o primeiro remetendo a uma mão humana e o segundo a uma face. O texto diz: “Nós estamos afogando. Salve-nos do aquecimento global. – www.greenkorea.org”.